Telinha Quente no Facebook

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

A modernização de Machado de Assis


A minissérie Capitu, faz uma releitura bastante contemporânea do livro: “Dom Casmurro”, do autor Machado de Assis. Escrito por Euclydes Marinho e com texto final de Luiz Fernando Carvalho, Capitu é absolutamente fiel a obra de Machado de Assis, tanto na forma como no conteúdo.
As personagens são embaladas por uma mistura de rock pesado e de música clássica, o figurino dos personagens é impecável, assim como, a abertura da minissérie, atual, moderna e atemporal.
Assim como aconteceu na primeira série (Pedra do Reino) do projeto “Quadrante”, que tem como objetivo retratar cada Estado brasileiro através de uma obra literária transformada para televisão, Luiz Fernando Carvalho optou por trabalhar com rostos desconhecidos do grande público, com exceção de Maria Fernanda Candido, que viverá Capitu na fase adulta, e Eliane Giardini, que vive Dona Glória, o restante do elenco é basicamente todo do teatro.
Dificilmente saberia definir Capitu, já que a minissérie tem momentos do teatro, cenas de cinema, mas, passa na televisão, mas, assim como Pedra do Reino, é digna de aplausos. E a Globo mais uma vez provou porque umas das cinco maiores emissoras do mundo. Também com um orçamento de R$1 milhão por capítulo, a série não poderia decepcionar os amantes da literatura.
  • A estréia da minissérie registrou 17ptos de média.

15 comentários:

Filippe Pye disse...

XXX CAPITU 2 XXX

Impecável, mas é arrastada. Tipo de erro que a Globo não comete. E o agravante Maria Fernada Cândido que vai ficar devendo mais uma vez com certeza. Enfim prefiro esperar e constatar. Dão status de estrela a uma atriz altamante mediana.

Max disse...

Este tipo de obra é especialmente destinada á uma pequena parcela da sociedade, tipo assim A e B, a massa mesmo fica boiando, a Globo acha que é facil das pessoas ficarem na frente da TV assistindo algo desse porte, mas a educação que o brasileiro recebe vai de mau a pior, não se tem tanto "cultos" entre nós.

Cláudio Almeida disse...

Fillipe, recebeu meu e-mail???

Cristiane disse...

Max sinceramente não entendo qdo vc diz que esse tipo de minissérie é dedicada a um público A e B.
Então nós que somos pobres não merecemos produtos de qualidade?
Nõs não temos condições de entende-la?

Gui disse...

Capitu é sem dúvida um produto de excelente qualidade! Se a intenção da Globo é audiência alta acho que vai se decepcionar. Não é uma micro-série direcionado ao grande público e sim a uma parcela de telespectadores que gostam de literatura, e que, são capazes de entender a obra. Parabenizo a Globo por colocar no ar uma obra bem feita como Capitu, independente da audiência. Precisamos demais de produtos com qualidade, e aí está um.

Cristiane disse...

Achei a minissérie um pouco arrastada, as coisas demoram a acontecer, não sei pq estou acostumada em assistir A Favorita e o ritmo é veloz.
Mas, a obra é PRIMA (entenderam??)
E o investimento é de país de primeiro mundo

Cristiane disse...

Gui, eu li uma entrevista do diretor e ele disse que não se preocupa com a audiência de Capitu: --"Se me deixar levar pelo Ibope estarei mudando meu ponto de vista, se cair nessa, não faço nada, e desistiria na primeira serie , pedra do reino".

Filippe Pye disse...

Recebi sim. E agradeço mais um vez o apoio e a oportunidade. Quanto ao blog onde estive atuando, quem acompanhou viu que eu tentei. Um garotinho comemorou a virada em cima do SBT-NEWS e sobre essas coisas: "PREFIRO NÃO COMENTAR!" Podemos lançar a coluna na semana que vem? Gostaria de aproveitar o final de semana assistir tudo que gravei no decorrer desses dias, me dedicar ao google, ler ponta-a-ponta das colunas do segmento, dar uma acompanhada nos jornais e revistas e formatar a coluna. Quero algo novo. E acho que já tenho um caminho com base numa coluna excelente sobre bastidores da TV na França. Algo novo, arrojado e que vem de encontro ao que gosto e acompanho no TELINHA.

Abraço,

Gui disse...

É isso mesmo Cris! Acho que Luiz Fernando tem mais é que bater na tecla qualidade, com ou sem audiência. Eu por exemplo, adorei Hoje é dia de Maria, mas não gostei da Pedra do Reino.

Cristiane disse...

Eu adorei Hoje é dia de Maria, e ainda sobre Capitu eu acho que é o fato de não trabalhar tanto com atores famosos, contribui um puco com a baixa audiencia.
Mas, acho uma excelente oportunidade e com certeza os novos rostos que estamos vendo em Capitu, vemos em alguma novela da Globo.


Me deu uma saudade da Eliani Giardini

Cláudio Almeida disse...

Ok Fillipe.
Acredito no seu bom Gosto, e sei que o pessoal aqui do blog (Telinha Quente) irá te dá um bom suporte.

Qualquer coisa estou sempre no MSN e no e-mail.


Gui você disse tudo, precisamos de produtos de qualidade e Capitu se encaixa perfeitamente nesse padrão.


Obs: Sumiu do MSN (uai!!!)

Cristiane disse...

Dollabela é indiciado por lesão corporal grave, acabei de ler isso no Atualissima da Band


Alguém acredita que dado vai ser preso?

ai ai ai ui ui

Gui disse...

Se não tenho tempo nem para assistir TV, imagine papear no MSN, mas hoje a noite entro, aí botamos as fofocas em dia, Cláudio.
Combinado????

Filippe Pye disse...

XXX COISA FEIA XXX

Perseguição já é demais. Estão falando que tudo agora gira em torno de Íris. Que hoje o OLHA VOCÊ só terá uma hora e toda programação vai ser adiantada em 15minutos. Fato que toda quarta isso acontece porque A Favorita termina mais cedo.

Flávio disse...

Hoje foi diferente Fillipe, A Favorita terminou as 22h30